Pacientes do Oncológico Infantil visitam a 23ª Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes

No meio de centenas de alunos das escolas públicas e privadas presentes na 23ª Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes, um grupo de crianças viveu uma experiência diferente da maioria dos visitantes.

Formado por crianças em tratamento contra o câncer no Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, o grupo faz parte da Classe Hospitalar que funciona na unidade do Governo do Pará, gerenciada pela Pró-Saúde. Nesta semana, eles trocaram a sala de aula por uma visita ao evento que acontece até o dia 1º de setembro, no Hangar Centro de Convenções.

Esse foi o quarto ano consecutivo que o Hospital, referência para o diagnóstico e tratamento especializado do câncer em crianças e adolescentes no Pará, leva os alunos da Classe para a Feira. “Saúde e educação devem estar juntos em uma busca pela cura e pelo conhecimento” explica Roberto França, o professor da Classe.

Jerlyson Oliveira foi um dos alunos que esteve na visita. Em tratamento no Hospital há quase 4 anos, ele era um dos mais experientes no assunto da Feira Pan-Amazônica. “Estive no ano passado, mas agora tem muita coisa nova. Da até pra jogar videogame”, brincou o adolescente.

A enfermeira Elisângela Lopes, do Núcleo de Educação Permanente da unidade, acompanhou os alunos na visita. Para ela, a experiência de levar os pacientes até a Feiram é uma forma ampliar todo um trabalho de assistência. “Saúde e educação são direitos dessas crianças, inclusive no ambiente hospitalar. Poder leva-las em eventos como, as aproxima do mundo infantil que elas vivem”, destacou a enfermeira.

Sobre o Hospital

Referência para o diagnóstico e tratamento especializado do câncer infantojuvenil no Pará. O Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo atende atualmente cerca de 900 crianças de municípios do Pará e de estados vizinhos, como o Amapá. Em três anos foram mais de 800 mil atendimentos realizados, entre eles 87.384 sessões de quimioterapia e 41.049 consultas, com um índice de aprovação atual de 98% dos usuários.

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 23 cidades de 11 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.