Crianças assistem a passagem da tocha olímpica

A ansiedade e espera pela passagem da tocha olímpica terminou no dia 15 de junho para o pequeno G.S.S, de 11 anos. “Desde que a professora avisou que a tocha ia passar aqui na frente do hospital, ele ficou todo animado e ansioso para assistir, e hoje ainda veio todo arrumado”, relata a mãe Selisvane Silva.

Quando o percurso por Belém foi divulgado, imediatamente, a equipe de Humanização do hospital pensou em uma programação especial para marcar o momento. Para entrar no clima dos jogos olímpicos, que acontecerá no mês de agosto no Rio de Janeiro, os professores que atuam na Classe Hospitalar estimularam os alunos a produzirem bandeirinhas do Brasil e do Pará. O grupo Doutores da Alegria, também, estava presentes para animar a garotada.