Crianças internadas no Oncológico Infantil aprenderam a fazer pizza

Em alusão ao Dia da Pizza, comemorado no dia 10 de julho, o Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo (HOIOL) promoveu uma programação especial na última segunda-feira (11/07) e que marcou o início do projeto Canto do Cheff, que tem como objetivo entreter e ensinar os usuários a prepararem lanches que, geralmente, não são servidos no hospital, mas que são favoritos das crianças e adolescentes, como é o caso da pizza.

“Eu amei!” disse dona Ana Cláudia Silva, mãe do pequeno JYS, de 6 anos. “Desde que fomos avisados sobre o Dia da Pizza, ele não falava em outra coisa, pois ele adora pizza, mas dificilmente pode comer, desde o início do tratamento” diz a mãe, que elogiou a iniciativa do hospital. “Melhor ainda é que iniciativas como esta tem o poder de distrair e alegrar as crianças. Todos se envolvem”, afirmou dona Ana Cláudia.

Segundo a diretora de apoio do Hospital, Stéphanie Valdivia, o projeto Canto do Cheff  vai oferecer diversas oficinas de culinárias, nas quais, as próprias crianças vão preparar as gostosuras. “A iniciativa visa proporcionar a eles um momento de descontração, para que eles se sintam felizes e para que o tempo de internação fique mais leve e menos doloroso, assim como para os seus acompanhantes, que também se envolvem e se divertem” relatou. Já estão sendo pensadas oficinas de bolo, biscoito e tortas.

Durante a oficina, as crianças receberam dicas de manipulação de alimentos e aprenderam técnicas de higienização das mãos. Todas receberam um kit de higiene, composto por máscara, luvas, avental e gorro, e colocaram a mão na massa. Segundo a nutricionista Sandra Seabra, os ingredientes foram escolhidos a dedo, e liberados pela equipe médica do hospital. “Utilizamos milho, molho de tomate, queijo e peito de peru, e ainda auxiliamos no preparo, mas eles ficaram livre para fazer a pizza da maneira mais saborosa para eles” disse.

Segunda a oncopediatra, Alayde Wanderley, o Canto do Cheff é um momento de fundamental importância no tratamento oncológico. “O tratamento de câncer é normalmente muito doloroso, longo e cansativo, e que muitas vezes acaba evoluindo para outros casos, como depressão, crises de ansiedade, e perda de apetite, então é sempre válido proporcionar a eles momento como este, de descontração e alegria e ainda oferecer uma alimentação diferenciada”, considerou a médica.

A ação contou com a parceria da Pizzaria Domino’s, que forneceu pizzas para os acompanhantes e ainda disponibilizou duas ajudantes para auxiliar na montagem das pizzas. Os Doutores da Alegria também estiveram presentes, com teatro de fantoches e palhaços.

O lanche dos usuários da Unidade de Atendimento à Intercorrências (UAI), ambulatório, quimioterapia e aqueles usuários impossibilitados de sair do leito de internação, também foi pizza.

Comemoração – No Brasil, celebra-se o Dia da Pizza desde 1935, quando ocorreu em São Paulo um concurso de pizza, para a escolha dos dez melhores sabores. O concurso terminou no dia 10 de julho, data instituída para homenagear uma das invenções culinárias mais apreciadas por diversas pessoas ao redor do mundo. No Brasil, São Paulo é conhecida como a capital nacional da pizza.