Hospital Oncológico Infantil torna-se signatário do Pacto Global da ONU

Nesta segunda-feira (12), data em que se comemora o Dia das Crianças, a população paraense ganhou mais uma grande obra na saúde: o Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, primeiro hospital público da Amazônia especializado no tratamento de câncer para crianças e jovens de até 19 anos. Durante a inauguração, o governador Simão Jatene, ao lado do secretário de Estado de Saúde Pública, Vitor Mateus, autoridades, familiares do médico Octávio Lobo e convidados puderam conferir os detalhes do espaço. FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ DATA: 12.10.2015 BELÉM - PARÁ

O Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, em Belém, inicia o ano de 2017 fazendo parte do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU). No Pará, o Hospital Oncológico Infantil é a terceira instituição a aderir ao pacto. As outras duas são o Hospital Público Estadual Galileu, também na capital paraense, e o Hospital Regional do Baixo Amazonas, em Santarém. Todos são hospitais públicos administradas pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar.

Atualmente já são mais de 12 mil organizações signatárias articuladas por cerca de 150 redes ao redor do mundo que adotaram os critérios estabelecidos pela ONU. O Pacto Global foi criado para que empresas e entidades em todo o mundo adotem em suas práticas de negócios os valores fundamentais nas áreas de direitos humanos, relações de trabalho, meio ambiente e combate à corrupção. Com a adesão ao acordo, o Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo têm compromisso com a ONU de cumprir os dez princípios universais da Declaração Universal de Direitos Humanos, da Declaração da Organização Internacional do Trabalho, da Declaração do Rio sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento e da Convenção das Nações Unidas Contra a Corrupção.

‘Uma das missões do hospital é garantir o direito à vida de crianças e adolescentes com câncer, promover a dignidade no tratamento e a inserção social dos nossos pacientes. Há cerca de um ano assumimos esse compromisso no dia a dia do nosso entorno regional. Hoje demos mais um passo importante, entrar para a lista nos mostra o quanto nossa responsabilidade vai além, ultrapassa fronteiras, é garantir o direito humano no presente e no futuro, construir as bases de uma sociedade universal igualitária e fraterna”, disse a diretora-geral, Alba Muniz.

O Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo tem trabalhado a sustentabilidade como princípio. A unidade já conta com sua Política de Sustentabilidade, que busca promover o equilíbrio econômico, ambiental e social dentro da instituição, seguindo as diretrizes da Global Reporting Iniciative – GRI.