Livro “Minha História” é distribuído no Hospital Oncológico Infantil

Pacientes e funcionários do Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, gerenciado pela Pró-Saúde em Belém, viveram um dia especial nesta terça-feira (3). Com uma sessão especial de autógrafos, o adolescente Jerllyson de Paula, presenteou seus colegas de tratamento, médicos, enfermeiros e outros colaboradores do Hospital onde faz tratamento contra o câncer, com o livro “Minha História”.

No livro, Jerllyson transforma oito anos de luta contra a leucemia em uma forma de ajudar outras crianças em tratamento e deixa um agradecimento a quem esteve ao seu lado ao longo desta batalha. O encontro era um dos mais esperados pelo garoto de apenas 15 anos de idade. “Faltava entregar o livro aqui (no Hospital) para as outras crianças e para os tios e tias que cuidam de mim”, conta Jerllyson que, nos últimos quatro anos, é acompanhado pela equipe do Oncológico Infantil.

Foram mais de 100 livros entregues para funcionários da unidade, que pertence ao governo do Estado do Pará, referência para o diagnóstico e tratamento gratuito e especializado de crianças e adolescentes com câncer no Pará, via Sistema Único de Saúde (SUS).

Cleide Louzada, madrasta de Jerllyson, lembrou que, desde quando soube do livro, o desejo era fazer uma entrega no Hospital. “Cada palavra que ele escreveu nessas linhas, representa cada um dos funcionários que estão aqui e é uma forma de agradecimento por todos esses anos de cuidado e carinho”, ressalta Cleide.

Para quem acompanha Jerllyson desde a primeira internação no Oncológico Infantil, a realização do sonho do garoto é mais um motivo de alegria entre tantas vitórias alcançadas ao longo do tratamento. “O Jerllyson está conosco desde o início. É um menino especial que traz consigo muita força e generosidade que nos ensinam a ver a vida de outra forma. A alegria dele com o livro é nossa também”, conta Salú Freitas, enfermeira da unidade de Quimioterapia.

Realização do Sonho
Por meio do projeto Fada Madrinha, criado pelo Hospital Oncológico Infantil justamente para viabilizar a realização de desejos dos pacientes em tratamento, em parceria com voluntários, o sonho de Jerllyson de publicar um livro sobre a sua jornada virou realidade.

A história dele viralizou nas redes sociais no mês passado, quando o garoto recebeu os 100 primeiros exemplares impressos do livro no Oncológico Infantil. Depois, dois eventos de lançamento foram realizados nas livrarias Saraiva e Leitura, em dois shoppings de Belém (PA), com direito a distribuição de autógrafos e entrevistas.

Sobre o Hospital
Referência para o diagnóstico e tratamento especializado de crianças e adolescentes com câncer na região Norte, o Hospital Oncológico Infantil é unidade pública de saúde pertencente ao Governo do Estado do Pará e gerenciado pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar.

Atualmente, cerca de 900 crianças e adolescentes de municípios do Pará e de estados vizinhos, como o Amapá, estão em tratamento no Hospital que completou 4 anos em 2019, superando a marca de mais 1 milhão de atendimentos. Entre eles, 110 mil sessões de quimioterapias, 56.049 consultas, 651 mil exames e 5.533 internações, com um índice de aprovação atual de 98%.

Em 2019, o Hospital se tornou o primeiro na rede pública do país, com atendimento em oncologia pediátrica, a conquistar a certificação ONA 3 – Acreditado com Excelência. Esse é o maior nível de reconhecimento concedido pela Organização Nacional de Acreditação, entidade respeitada e com atuação nacional responsável pela avaliação dos serviços de saúde do País, destacando os melhores resultados de gestão, qualidade e segurança voltados ao paciente.

Sobre a Pró-Saúde
A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 24 cidades de 12 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.