Profissionais da saúde e imprensa ajudam a explicar pandemia para a população, diz diretor Médico da Pró-Saúde

Em um momento de tantas incertezas e medo causados pela Covid-19, a orientação científica tem sido uma das principais ações de conscientização contra a pandemia

Além de atuar na linha de frente do atendimento aos pacientes vítimas da Covid-19, médicos, profissionais da Enfermagem, fisioterapeutas, farmacêuticos, nutricionistas, psicólogos entre outros colaboradores da Pró-Saúde, que trabalham em cerca de 15 hospitais de referência no atendimento à doença gerenciados pela entidade em todo o País, têm exercido um papel fundamental junto à imprensa para explicar como o coronavírus atinge as pessoas e a maneira mais eficiente de evitar o contágio.

Nos dois primeiros meses de pandemia, foram mais de 20 entrevistas para programas de TV, jornais, rádio e portais de notícias na internet das capitais e de cidades do interior. “Compartilhar conhecimento e orientar as pessoas também fazem parte da missão institucional da Pró-Saúde”, resume o diretor Corporativo Médico da instituição, Fernando Paragó.

Ele destaca o papel importantíssimo que a imprensa brasileira tem exercido na cobertura da pandemia e diz que a presença dos profissionais da Pró-Saúde na divulgação de informações relevantes para a população tem sido uma importante contribuição. “A imprensa tem exercido um papel fundamental nesse processo ao abrir espaço para que os profissionais da saúde possam explicar a pandemia”, diz ele. “É um reflexo da credibilidade e da seriedade dos nossos profissionais médicos e equipes assistenciais que estão na linha de frente no atendimento aos pacientes”, acrescenta.

Além das inúmeras entrevistas para os mais importantes e abrangentes veículos de comunicação do País concedidas pelos profissionais da entidade, a Pró-Saúde também criou uma área em seu site institucional que concentra informações sobre a Covid-19. A instituição passou a produzir um boletim diário com informações atualizadas sobre a evolução da doença que é enviado para uma base de aproximadamente 10 mil e-mails cadastrados.

No dia 2 de abril, por exemplo, Fernando Paragó concedeu uma entrevista para a rádio Jovem Pan, de São Paulo, sobre as mudanças na segurança do paciente em razão da Covid-19. Já no dia 17, a Pró-Saúde foi destaque no telejornal Hora 1, da TV Globo, com uma matéria sobre a rádio instalada no Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA), no Pará, criada para levar mensagens de otimismo aos profissionais de saúde.

Outro destaque do mês foram as dicas de atividades educativas para realizar com as crianças na quarentena, sugeridas pela pedagoga da Pró-Saúde, Tais Lopes, em reportagens veiculadas na Revista Crescer e nos telejornais Bom Dia São Paulo e SPTV 1ª Edição, ambos da TV Globo em São Paulo, cidade onde a entidade realiza a gestão de quatro Centros de Educação Infantil, que atende mais de 750 crianças.

Além disso, ações práticas de combate à Covid-19 também foram notícia em grandes veículos de comunicação, tais quais Folha de S.Paulo e Jornal Nacional, da TV Globo, como o recebimento de doação de leitos de UTI para o Hospital Regional da Transamazônica, sob gestão da Pró-Saúde no Pará.

Por meio da produção de uma série de conteúdos impressos, digitais e audiovisuais, a entidade conquistou uma ampla cobertura midiática, com matérias repercutidas na imprensa de diferentes regiões do país.

Algumas delas, por exemplo, ficam por conta de entrevista concedidas por especialistas dos hospitais Bom Pastor (RO), Regional do Baixo Amazonas (PA) e Regional de Santarém (PA) para veículos como TV Aparecida, TV Tapajós e TV Liberal.

Somado a todas essas ações, a alta emocionante de pacientes que venceram a doença e dicas de cuidados com a saúde, física e mental, durante a pandemia, dadas por especialistas de unidades gerenciadas pela Pró-Saúde, como o Hospital Público Estadual Galileu (PA), Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (PA) e Hospital Estadual de Urgência e Emergência (ES), receberam a atenção da mídia, com coberturas televisivas, impressas e digitais dos principais veículos de comunicação de suas respectivas regiões.

A Pró-Saúde é uma instituição com mais de 50 anos na área de gestão hospitalar e de serviços em saúde. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 23 cidades de 11 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde).